Saiba como se prevenir e lidar com a quebra de safra

Seguro agrícola
quebra de safra

A quebra de safra nada mais é do que uma redução significativa do que estava previsto para uma colheita. Ela pode acontecer por fatores diversos, tais como as mudanças climáticas, o ataque de pragas, a disseminação de doenças nas plantações, o mau uso de defensores agrícolas etc.

Fato é que uma quebra de safra pode gerar grandes prejuízos para os produtores rurais, uma vez que muito tempo e dinheiro são investidos nas culturas, visando a uma colheita satisfatória e com alta lucratividade.

É por conta disso que evitar e saber como lidar com a quebra de safra é tão relevante. Para que você entenda mais sobre isso, elaboramos algumas dicas. Acompanhe na sequência!

Faça um bom planejamento de todas as etapas da safra

É preciso que você planeje com antecedência todas as etapas da safra, para que, assim, possa identificar possíveis falhas ou problemas e garantir que eles não ocorram. Entre os principais pontos que devem ser analisados e muito bem planejados, estão os a seguir relacionados.

Condições do solo

Para evitar a quebra de safra, deve-se verificar com antecedência as condições físicas, químicas e biológicas de solo. É importante que seja feito um estudo da quantidade de pragas, como nematoides, que estão presentes, para fazer o uso de fertilizantes de maneira correta.

Planejamento financeiro

Para evitar gastos desnecessários ou não ter uma previsão certa de lucratividade, é preciso que se tenha um planejamento financeiro muito bem-feito, com todas as despesas e receitas devidamente apuradas. Também é preciso analisar o quanto você pode investir em cada área, como na compra de insumos e no uso de maquinário.

Planejamento de ações

Assim como acontece nas indústrias e empresas de outras áreas, é preciso que haja um planejamento de ações nas propriedades rurais. É uma boa prática ter tudo planificado, com datas para serem cumpridas, recursos humanos e físicos necessários para o cumprimento das tarefas etc.

Utilize os defensivos agrícolas adequados

O uso de defensivos agrícolas é importante para controlar as pragas e evitar que a quebra de safra aconteça. No entanto, alguns cuidados precisam ser tomados, para que sejam utilizados apenas produtos que são liberados pelos órgãos fiscalizadores e que não gerem impacto na saúde dos consumidores, tampouco danos ao meio ambiente.

Também é preciso ter cuidado com o manuseio e o descarte dos defensivos, uma vez que, quando isso não acontece, problemas podem ocorrer, como a contaminação do solo. Indiretamente, situações assim também colaboram para a quebra de safra.

Faça a manutenção adequada do maquinário

Os tratores, pulverizadores, entre outros equipamentos agrícolas precisam ter uma manutenção preventiva correta. Afinal, se eles não estiveram calibrados e prontos para o uso, por exemplo, poderão não apresentar a eficácia esperada e isso prejudica o desenvolvimento das culturas.

A manutenção mecânica deve ser feita sempre por profissionais especializados, que saibam como identificar situações que podem ocasionar falhas e situações que podem gerar problemas futuros no maquinário. Assim, faz-se uma manutenção preventiva.

Conte com um acompanhamento técnico especializado

Também é relevante o acompanhamento de um técnico especializado em sua propriedade rural. Esse profissional entende sobre rotação de culturas, acompanhamento das fases do plantio, cuidados necessários para cada tipo de insumo etc.

Assim sendo, recomenda-se o acompanhamento de um profissional, que possa dar orientações e fazer estudos, para que a quebra de safra seja evitada e você não tenha um grande prejuízo por conta disso.

Essa pessoa precisa visitar a fazenda com determinada frequência e ser de inteira confiança do produtor rural. Ela também precisa ter liberdade para fazer testes, sugestões e dar dicas de melhorias para que a safra tenha mais qualidade e seja mais lucrativa.

Acompanhe a qualidade das sementes

As sementes têm um impacto direto na qualidade de uma safra e o técnico agrícola também poderá ajudar nessa observação. A ideia é que sejam verificados os resultados que são apresentados nos testes de qualidade feitos pelos fornecedores e que devem sempre acompanhar a nota.

Também é recomendado que seja feito um teste de germinação para a colheita de amostras, antes de realizar um grande plantio. Dessa forma, se houver algum problema na produção, será possível diagnosticá-lo e evitar a quebra de safra, quando forem plantadas as sementes em grande quantidade.

Utilize a tecnologia em sua propriedade rural

A tecnologia já está presente no meio rural e é uma verdadeira aliada para que os produtores possam ter colheitas com mais qualidade. São diversos os recursos que podem ser implementados, como softwares de gestão, monitoramento das lavouras em tempo real, sistemas automatizados de irrigação etc.

Além disso, a tecnologia pode ser utilizada também para pesquisas de produtores, contratação de serviços, entre outras ações que só podem ser realizadas com o suporte de uma boa conexão com a internet.

Contrate um seguro agrícola para a quebra de safra

Por mais cuidados que se tenha, existem algumas situações em que a quebra de safra ocorre. Ninguém tem o poder de controlar a força da natureza, por exemplo. De tal forma, pode ser que, em determinado ano, haja mais geadas, chuvas ou períodos secos do que o normal. Tudo isso impacta nas culturas, e as perdas podem ser bem grandes.

A melhor maneira de se prevenir desse tipo de situação é contratando um seguro agrícola. Com esse serviço, o produtor rural terá a garantia da recuperação do valor investido em sua lavoura, no caso da quebra de safra.

Além do mais, o seguro também proporciona a garantia da continuidade da produção em safras futuras, uma vez que o valor poderá ser utilizado para o investimento no ano seguinte. Com a contratação desse seguro, você também terá mais facilidade em conseguir contratar crédito rural.

Gostou das nossas dicas para evitar a quebra de safra? Siga-as à risca e previna possíveis problemas que são incontroláveis na produção agrícola! De tal forma, a sua lucratividade será sempre mantida, independentemente das intempéries da natureza, por exemplo.

Mais publicações interessantes como esta estão disponíveis em nossa página no Facebook. Siga-nos e fique sempre muito bem informado com dicas para o agronegócio.