Glossário de Seguros: 6 termos que você precisa conhecer!

Seguro
glossário de seguros

Ao fazerem a contratação de seguros para a família, é comum que muitas pessoas se deparem com termos que são pouco usuais no dia a dia, mas muito comuns nesse tipo de mercado. É por isso que pesquisar sobre esses vocábulos é importante, para que você saiba exatamente o que está fazendo e no que está investindo.

Foi pensando nisso que desenvolvemos um glossário de seguros, explicando cada um dos termos. Assim, você não corre o risco de não entender algo quando for assinar um contrato, por exemplo. Veja a seguir!

Termos importantes do Glossário de Seguros

1. Apólice

A apólice de um seguro é um documento que torna formal a aceitação de um risco por parte da seguradora. Isso quer dizer que, se estivermos falando de um seguro de vida, por exemplo, a empresa de seguros se compromete a pagar um valor X para a família do segurado, em caso de ocorrência de morte. Na apólice, devem constar informações completas acerca do segurado, seus beneficiários e as coberturas contratadas. De forma prática, podemos dizer que ela funciona como se fosse um contrato.

2. Proposta

Por sua vez, uma proposta é um documento que é apresentado pela seguradora antes de a apólice ser formalizada. Ela contém um questionário, que precisa ser respondido detalhadamente pelo segurado. Depois de aceita a proposta, são ajustados alguns detalhes, caso necessário, e é gerada a apólice.

3. Seguradora

Damos o nome de seguradora à instituição financeira que assume o compromisso de pagar benefícios para os segurados que as contratam, caso ocorram situações descritas na apólice. Todas as seguradoras devem obrigatoriamente ser autorizadas por um órgão fiscalizador chamado de Superintendência de Seguros Privados (Susep).

4. Sinistro

Chamamos de sinistro a ocorrência que está descrita na apólice contratada pelo cliente de uma seguradora. De tal forma, sempre que um evento desse tipo ocorre, a instituição financeira deve indenizar o segurado. Exemplo de sinistro acontece quando uma pessoa contrata um seguro contra incêndios para sua casa, e o imóvel pega fogo. Nessa situação, a seguradora deverá arcar com os prejuízos que a situação causou.

5. Prêmio

No glossário de seguros, é chamado de prêmio o valor que o cliente paga para a seguradora. Assim, ao desenvolver uma apólice, será estipulado um valor que a instituição financeira cobra de seus segurados. Em resumo, podemos dizer que, em troca da transferência de seus riscos para a seguradora, o cliente precisa pagar o prêmio.

6. Franquia

A franquia, por sua vez, é o termo utilizado para mensurar as indenizações que devem ser pagas pelo próprio segurado, após a ocorrência de um sinistro. Imagine, por exemplo, que uma pessoa tem um seguro de carro e envolve-se em um acidente de trânsito. Ao levar o veículo à oficina mecânica, descobre que o automóvel teve apenas pequenos arranhões e que o valor para consertá-los é baixo. Nesse caso, o valor da franquia é reduzido e a seguradora não precisa pagar pelo conserto do carro, sendo essa uma responsabilidade do próprio segurado.

Esses são os principais termos do glossário de seguros. Fique atento a eles sempre que for contratar uma apólice, independentemente da sua finalidade.

Gostou de saber mais sobre esse assunto? Então, acompanhe os nossos posts nas redes sociais. Estamos no Facebook, no Twitter e no LinkedIn.