Futuro da família: entenda por que e como planejá-lo

Seguro de acidentes pessoais
futuro da família

A correria do dia a dia faz com que estejamos sempre preocupados com o hoje, no entanto, o futuro da família também precisa de atenção. Assim, teremos certeza de que, quando ele chegar, nenhum dos integrantes passará por dificuldades.

O planejamento do futuro evita que imprevistos abalem as bases da família e tragam surpresas desagradáveis, momentos que, muitas vezes, podem ser difíceis de vencer. Por isso, o ideal é adotar medidas hoje para ficarmos tranquilos amanhã.

Porém, você sabe o que fazer para assegurar que sua família tenha estabilidade nos meses e anos que virão? Preparamos este artigo para trazer algumas dicas de como planejar o futuro familiar a fim de garantir a segurança de todos. Acompanhe!

A importância de pensar no futuro da família

É verdade que precisamos viver um dia de cada vez, mas isso não significa que devemos ignorar o futuro. Essa frase se refere apenas a não sofrer por antecedência e a aproveitar os momentos, porém, é fundamental estarmos cientes de que o amanhã vai chegar e precisaremos suprir as necessidades vindouras.

Sendo assim, o ideal é pensar, hoje, no futuro da família a fim de garantir conforto e segurança para todos. Prever acontecimentos e planejar estratégias para vencer possíveis dificuldades faz toda a diferença para ter tranquilidade e não passar por transtornos.

A melhor medida a ser adotada é, de fato, antever as situações. Afinal, se não fizermos isso, quando elas se apresentarem, talvez não tenhamos uma estrutura adequada para manter a estabilidade.

Então, pensar no futuro da família é uma precaução essencial que traz tranquilidade para você hoje também, pois existe a certeza de que a sua família não ficará desamparada. Mas como fazer isso? Veja a seguir!

As dicas para planejar o futuro da sua família

Quando vamos fazer uma viagem, uma das primeiras medidas adotadas é fazer um planejamento, certo? Decidimos para onde ir, quantos dias ficaremos por lá, qual tipo de bagagem será necessária, os pontos turísticos a serem visitados, qual será o orçamento médio, entre outras questões.

Tudo isso é feito para evitar imprevistos e ter certeza de aproveitar os momentos da melhor forma possível. E é justamente essa razão que explica a necessidade e a importância de planejar o futuro da família.

Não podemos parar o tempo e estamos constantemente indo em direção ao amanhã, mas os fatos e acontecimentos não esperam para ocorrer. Não temos certeza do momento em que algum evento negativo surgirá em nosso caminho.

Sendo assim, o ideal é prevermos as situações mais prováveis e adotarmos medidas para que elas não tenham um grande impacto nas finanças e na vida dos membros da família. A seguir, deixamos algumas dicas para que você possa planejar o futuro dos seus entes queridos a fim de proteger a eles e a você, bem como ao seu patrimônio.

Faça um planejamento financeiro

Os problemas financeiros são sempre um fator de muito peso para todos os membros da família, afinal, quando situações de crise acontecem, é preciso um sacrifício de todos para conseguir vencer esses momentos. No entanto, esse impacto pode ser minimizado se você fizer um planejamento financeiro.

Essa estratégia consiste em conhecer detalhadamente a sua renda e suas contas e saber para onde o dinheiro vai. Isso é essencial porque mostra se está acontecendo algum desperdício, se é possível economizar de alguma forma e, desse modo, investir de maneira inteligente e benéfica para todos.

Trace metas para a família

É verdade que cada membro da família tem os seus sonhos e objetivos próprios, mas também é preciso pensar no coletivo e traçar metas que sejam comuns para todos. Esse é o caso de comprar uma casa, trocar de carro, adquirir equipamentos tecnológicos, entre muitos outros.

Todas essas são melhorias que beneficiam a família por completo e, sendo assim, todos precisam estar envolvidos e determinados a ajudar no cumprimento dessas metas. Dessa forma, as fases são vencidas, e outros objetivos, determinados, então, todos juntos participam das conquistas.

Crie uma reserva de emergência

A reserva de emergência é um valor monetário que mantemos guardado para ser utilizado caso algum imprevisto aconteça. É um dinheiro que economizamos todo mês e, basicamente, esquecemos que ele está ali. Não podemos dispor dele para as contas comuns e os gastos previstos.

O ideal é que essa reserva seja feita em poupança ou no Tesouro SELIC, por exemplo. São lugares em que você pode fazer movimentações de forma rápida e sem pagar taxas, mas o dinheiro não fica em tão fácil acesso como se deixássemos em casa.

Para criar essa reserva, basta acrescentá-la como um custo fixo, igual à água ou à energia elétrica, e realmente guardar o valor. Assim, caso aconteça algo que você não possa bancar no momento, basta recorrer a esse fundo.

Invista na educação dos filhos

O futuro da família também depende muito do investimento que você faz na educação dos seus filhos. No entanto, isso não significa simplesmente pagar um colégio particular e matriculá-los em alguns cursos, e, sim, observar o que realmente será útil amanhã.

Perceba que o mundo e o mercado de trabalho estão em mudança e algumas atividades que existem hoje estarão desvalorizadas em algum tempo. Portanto, o ideal é buscar por áreas promissoras e que oferecerão boas oportunidades para as novas gerações, a fim de fazer investimentos inteligentes.

Pense em longo prazo

Ao planejar o futuro da família, você também precisa pensar em longo prazo. Como serão as coisas daqui a 10, 15 ou 20 anos? Você ainda estará em idade produtiva ou aposentando-se? Os seus filhos já estarão inseridos no mercado de trabalho?

Todas essas questões são importantes para tomar boas decisões agora, como no caso da Previdência. Quanto você pretende ganhar quando estiver aposentado? O seu plano de aposentadoria atenderá a essa necessidade? Você pretende morar para sempre onde está ou desejaria se mudar em algum momento?

Considere tudo isso para que suas ações levem aos objetivos que pretende. Lembre-se de que você não será jovem para sempre, seus filhos crescerão e a economia mudará. Então, comece a pensar o que quer para si mesmo e para seus familiares, adotando medidas que ajudem a alcançar essas metas de longo prazo.

A tranquilidade de ter um seguro de vida familiar

Um recurso muito importante para ter tranquilidade quanto ao futuro da família é o seguro de vida que tenha cobertura para todos. Desse modo, qualquer um deles que venha a sofrer um evento inesperado não estará desamparado e não haverá impactos negativos para as finanças.

Não se preocupe, porque o seguro de vida não é recomendado somente para casos de morte. Você pode solicitar coberturas para acidentes, invalidez temporária ou permanente, doenças, internações, entre outras. Por isso, é um excelente suporte para quando esses momentos mais difíceis acontecem.

Pensar e planejar o futuro da família é uma forma de proteger a todos. Como você viu, isso não é difícil de ser feito e existem várias estratégias e medidas que garantem a segurança e o conforto para vocês, a fim de ter mais tranquilidade para viver o hoje sem preocupações com o que está por vir.

Assim como o seguro de vida, o plano de saúde familiar é um recurso importante. Por isso, veja nosso outro artigo sobre como avaliar se o seu atende às suas necessidades e às demandas dos seus entes queridos.