Afinal, existe carência de seguro de vida? Entenda!

Seguro de acidentes pessoais
carencia de seguro
Saiba mais sobre o
Seguro de Acidentes Pessoais

No dia a dia, estamos expostos a diversos tipos de perigos. Por mais cauteloso que você seja, infortúnios podem acontecer e colocar em risco a segurança financeira de seus entes queridos. Por isso, é sempre bom estar protegido e poder contar com a segurança oferecida por um seguro de vida.

Apesar dos inúmeros benefícios proporcionados por essa modalidade de seguro, ele ainda não é tão comum no Brasil como nos EUA e em alguns países da Europa. Isso se deve, principalmente, ao fato de as pessoas não conhecerem as vantagens que ele oferece. Por falar nisso, você sabia que o vida simplificado, por exemplo, não tem o período de carência de seguro, no caso de morte natural?

Pois é! Se o pior acontecer, mesmo que o seguro tenha sido contratado a pouco tempo, os beneficiários da apólice têm o direito de receber a indenização prevista no contrato. E não é só isso: esse seguro de vida oferece inúmeras outras vantagens para você e seus entes queridos. Continue a leitura e confira alguns deles!

Entenda o que é um seguro de vida

Antes de conhecer os benefícios do seguro de vida, é fundamental saber qual é o seu conceito. Ele pode ser definido como uma modalidade de seguro de pessoas, ou seja, que tem como objeto o ser humano e a finalidade de assegurar proteção financeira aos entes queridos do segurado, no caso de sua falta.

Além da cobertura por morte (tanto a acidental quanto a natural), alguns planos oferecem também a cobertura por sobrevivência. Nesses casos, se o segurado sobreviver pelo tempo estipulado no contrato, ele terá direito ao recebimento do prêmio assegurado.

Atualmente, também é muito comum que as seguradoras disponibilizem planos com coberturas complementares à principal, por exemplo, invalidez por acidente, invalidez laboral decorrente de doença, incapacidade temporária, etc.

Conheça as vantagens do seguro de vida

Agora que você já sabe o que é o seguro de vida, confira, a seguir, quais os benefícios que ele oferece para você e seus familiares!

Múltiplas coberturas

Um dos grandes benefícios do seguro de vida consiste na variedade de coberturas que o segurado pode incluir na apólice. Como você viu, além da cobertura por morte acidental ou natural, alguns planos oferecem a cobertura por sobrevivência e, até mesmo, garantias comuns a outros tipos de seguro, tais como doenças graves, invalidez por doença ou acidente e incapacidade temporária.

Desse modo, o seguro de vida é personalizável, uma vez que você pode escolher as coberturas adicionais que sejam mais adequadas às suas necessidades pessoais e, claro, que cabem no seu bolso.

Segurança financeira para os entes queridos

Nas hipóteses em que ocorre algum infortúnio e o segurado vem a falecer, o seguro de vida proporciona estabilidade financeira aos familiares do contratante. Ter segurança nessas horas faz toda a diferença. Afinal, lidar com o óbito de algum ente querido se torna ainda mais difícil quando ele vem acompanhado da ausência de recursos financeiros.

Cabe ressaltar que esse tipo de proteção é muito importante, principalmente, nos casos em que o segurado é provedor do sustento da família ou tem filhos menores de idade.

Proteção financeira para o segurado

Os familiares do contratante não são os únicos que usufruem dos benefícios oferecidos pelo seguro de vida. Como você viu, alguns planos contam com coberturas adicionais, por exemplo, por sobrevivência, despesas médicas e odontológicas, doenças graves, invalidez etc. Desse modo, caso ocorra alguma situação inesperada, o contratante do seguro terá a sua estabilidade financeira garantida pelo prêmio do contrato de seguro, claro, desde que o risco implementado esteja expressamente previsto na apólice.

Agilidade nos casos de sinistro

Outro ponto positivo do seguro de vida é rapidez na assistência financeira aos beneficiários da apólice. Nos casos em que há ocorrência do risco coberto, conforme determinado pela Superintendência de Seguros Privados (Susep), a seguradora deve efetuar o pagamento do prêmio em até 30 dias após a solicitação e a entrega dos documentos necessários à comprovação do sinistro.

Capital não tributável

O valor recebido a título de indenização pelos beneficiários do contrato de seguro de vida não é tributável. Desse modo, o prêmio previsto na apólice não entra nos cálculos relativos ao Imposto de Renda.

Liberdade na escolha dos beneficiários

O prêmio do seguro de vida não integra a herança. Logo, o contratante tem ampla liberdade para escolher quem serão os beneficiários da apólice, podendo, até mesmo, incluir no rol pessoas que não estão na sua linha sucessória. Além disso, ele pode dispor livremente acerca da distribuição dos valores da indenização.

Cabe ressaltar que, em regra, o contratante indica quem serão os beneficiários do capital assegurado no momento da celebração do contrato e pode substituí-los a qualquer tempo. No entanto, caso ele não faça a indicação, a indenização será destinada aos seus herdeiros, de acordo com a linha sucessória estabelecida no Código Civil.

Custeio de despesas funerárias

Outro benefício do seguro de vida são as coberturas adicionais referentes ao auxílio ou à assistência funerária.

Nos casos em que o plano prevê o auxílio-funeral, a seguradora reembolsará aos familiares as despesas relativas ao sepultamento do contratante, mediante a apresentação de todas as notas fiscais. Já na hipótese em que a cobertura inclusa é a de assistência funerária, a própria seguradora fica responsável por escolher quem serão os prestadores dos serviços e pagar todas as despesas relativas ao funeral.

Ausência do período de carência de seguro

Além dos benefícios listados acima, nos casos de morte acidental, o seguro de vida oferece proteção imediata aos beneficiários do contrato. Ou seja, ainda que o seguro tenha acabado de ser contratado, caso o segurado venha a óbito em razão de algum acidente, os beneficiários terão direito de receber o valor previsto na apólice.

Já nas hipóteses de morte natural, o vida simplificada, que dispensa a declaração de saúde, têm um período de carência progressivo. Isso quer dizer que, mesmos que o contratante faleça nos primeiros meses do contrato, os beneficiários terão direito a parte da indenização — o valor total do prêmio só será pago após o término do período de carência.

Apesar de não ter o período de carência de seguro nos casos de morte acidental, essa modalidade de proteção financeira apresenta um ótimo custo-benefício. No geral, os planos têm valores acessíveis e oferecem inúmeras vantagens para você e seus entes queridos.

Gostou do post? Quer saber mais sobre o tema? Confira o glossário de seguros e descubra 6 termos que você precisa conhecer!