Alugar casa ou apartamento: o que você precisa saber?

Seguro residencial

Dicas práticas para você que pretende alugar um apartamento ou uma casa e quer se informar para não ter problemas futuros

Com a crise econômica pela qual passa o Brasil, muita gente está adiando a compra de um imóvel e optando pelo aluguel, pelo menos até a instabilidade financeira passar.

alugar apartamento casa

Em junho passado,  Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) recuou 0,67%, ante uma queda de 0,93%, em maio, e uma alta de 1,69% em igual período do ano passado. Esta última variação é a que serve de base de cálculo entre outros do reajuste do aluguel residencial. Sem alta nos preços, o momento ficou oportuno para alugar um imóvel.

Separamos algumas dicas para que sua locação transcorra da melhor forma possível. Confira:

1. Pesquise, antes de tudo

As imobiliárias estão com imóveis parados e como não querem perder dinheiro, optam pela redução de preços ou por benefícios. Portanto, é fundamental investir tempo na hora de pesquisar, vasculhando sites especializados e consultando as imobiliárias. Outra alternativa é buscar imóveis cujo processo de locação ocorra direto com o proprietário. Isto pode diminuir o valor do aluguel e facilitar sua vida. Mas fique atento ao contrato e acordos firmados.

2. Processo contratual

Normalmente, alguns documentos são necessários na hora de fechar um contrato: CPF, identidade, comprovante de residência e um comprovante de renda. Porém, é a imobiliária que define. Não um padrão. A proposta de contrato possuí todas as informações de documentação sua e dos fiadores, caso haja. ?? preciso ler com cautela o contrato e, se houver necessidade, leve até o seu advogado. Esclareça tudo antes de assinar para que não haja dúvidas futuras.

3. Caução

O locador pode exigir do locatário como garantia uma caução, fiança ou seguro-fiança. A caução em dinheiro, que não poderá exceder o equivalente a três meses de aluguel, será depositada em caderneta de poupança, e é devolvida ao locatário quando ele sair do imóvel.

4. Seguro residencial

Quando uma pessoa faz a locação de um imóvel é comum imobiliária solicitar o mesmo faça um seguro residencial do imóvel que está locando, este procedimento é bastante comum em diversas empresas do ramo imobiliário e embora não seja uma obrigação de maneira geral, mas para esses casos, ou seja, para quando a imobiliária solicitar é  obrigatório e deve ser feito para prevenir alguns problemas futuros do imóvel. Veja as vantagens de ter um seguro residencial

5. Vistoria

A vistoria é um documento que a imobiliária encaminha para você enunciando tudo o que contém no apartamento (inclusive seus defeitos). No final do contrato é necessário que você devolva o imóvel do jeito que recebeu. Se você não concorda com algo e acha que faltou alguma coisa (uma mancha no azulejo do banheiro, por exemplo), anote tudo e encaminhe para o responsável. Pois isso pode te livrar de futuras dores de cabeça, de ter que consertar um problema que já estava no apartamento.

6. Saída

Você, como locatário, tem 30 dias para avisar o proprietário que deixará o imóvel. Isso deve ser feito por escrito e protocolado com a imobiliária. Se você está deixando o imóvel antes do fim do contrato, provavelmente, terá que pagar uma multa por rescisão contratual, conforme deve constar no contrato. Em caso de transferência de emprego, não há a necessidade de pagar a multa.

As imobiliárias solicitam, geralmente, que o imóvel seja entregue pintado. As contas de água e luz devem ser entregues à imobiliária junto com as chaves.

bannerestagio