Por

Pré-custeio da safra agrícola 2017/2018 recebe R$ 12 mi em investimento

O volume de crédito ofertado pelo Banco do Brasil é oriundo de captações próprias da Poupança Rural e de Depósitos à Vista

Com informações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

O Governo Federal anunciou na quinta-feira, 19, em Ribeirão Preto (SP), a liberação de R$ 12 bilhões para o pré-custeio da safra agrícola 2017/2018, 20% a mais do que o valor destinado no ano passado à aquisição antecipada de insumos.

safra-2017-2018

Imagem: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

O anúncio foi feito em um evento com a presença do presidente Michel Temer, acompanhado do ministro interino da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Eumar Novacki, e do presidente do Banco do Brasil, Paulo Caffarelli

Em seu discurso, Temer disse que encontrou o país com 12 milhões de desempregados e que foi aconselhado a “grudar” no agronegócio para reduzir esse número. O ministro interino da Agricultura reforçou que um a cada três empregos gerados vem da agricultura. “Quanto mais recursos, mais emprego, mais renda”, afirmou Novacki.

O presidente também destacou ter iniciado grandes reformas que o Brasil precisa fazer e que, no caso do agronegócio, o importante é ter financiamento. “O setor vai bem, só precisa de financiamento”, assinalou Temer.

Recursos liberados

O volume de crédito ofertado pelo Banco do Brasil é oriundo de captações próprias da Poupança Rural e de Depósitos à Vista. Os recursos estão disponíveis a médios produtores por meio do Pronamp (Programa Nacional de Apoio aos Médios Produtores Rurais), com taxas de 8,5%. Os demais produtores rurais acessam o crédito com encargos de 9,5% ao ano.

A antecipação dos financiamentos de custeio se destina a culturas da safra de verão 2017/2018, como soja, milho, arroz e café, e permite melhores condições aos produtores para o planejamento de suas compras junto aos fornecedores. Além disso, contribui para o incremento das vendas de sementes, fertilizantes e defensivos.

Paulo Caffarelli disse que dos R$ 736 bilhões que o banco tem para emprestar, 25% se destinam ao agronegócio e que esse é o segmento de menor inadimplência, de 0,96%. O presidente do BB informou que, até o fim do ano, a instituição terá mais 60 agências com engenheiros agrônomos e extensão do horário para atender ao setor.

Saiba_tudo_sobre_o_Plano_Agricola_e_Pecuario_2016_2017

Por

Melhor época para conseguir um estágio é no início do ano

Empresas por todo o Brasil estão contratando estagiários neste início de ano. Confira!

O Estágio é o período de aprendizado na Empresa, onde o estudante põe em prática os conhecimentos adquiridos na escola. É a oportunidade de familiarizar-se com o ambiente de trabalho, melhorando assim seu relacionamento humano e contribuindo com sua formação profissional.

como_conseguir_um_emprego_partir_do-estagio

A melhor época para conseguir um estágio é no início do ano, quando a pessoa está, geralmente, iniciando um curso, outros alunos estão se formando e, portanto, o número de vagas aumentam.

Em 2017, as notícias são motivadoras para quem procura uma oportunidade. Segundo o CIEE, o maior Centro de Integração entre Empresas e Estudantes do país, houve um aumento de 20% no número de vagas; são cerca de 120 mil oferecidas neste ano.

Algumas vagas pelo país

O Paraná, por exemplo, tem 140 vagas disponíveis para estágio que estão sendo oferecidas pelo Instituto Euvlado Lodi (IEL), da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep). Para quem cursa o ensino superior, as bolsas vão de R$ 550 até R$ 1.852,80. Há também vagas para o ensino médio, com bolsas entre R$ 350 e R$ 600.

A Caixa Econômica Federal (CEF) também está recebendo inscrições de estudantes dos ensinos médio, técnico e superior visando ao cadastramento para vagas de estágio em regiões que não possuem candidatos aprovados na lista de classificação dos processos anteriores. A Caixa não informou os locais disponíveis; tudo depende da necessidade de cada unidade do banco. As inscrições podem ser feitas até o dia 16 de fevereiro.

Já o Centro de Integração Empresa Escola do Rio Grande do Sul (CIEE-RS) oferece atualmente um total de 1,4 mil vagas no Estado.

Em Porto Alegre e na Região Metropolitana são 900 vagas, das quais 550 na Capital. Nas demais regiões do Estado há 500 opções de estágio. As oportunidades são para estudantes do Ensino Superior, Ensino Médio e Técnico.

No geral, o maior parte dessas vagas de estágio deve ser preenchida até março.

Estagiando com segurança

Além de conseguir um bom estágio, é importante que você tenha um seguro estágio que lhe sirva de garantia, caso algo saia do previsto. Sobretudo, nesse período em que o país passo por uma instabilidade econômica, é necessário agir com cautela e inteligência.

Este seguro de acidentes pessoais para estagiários é uma exigência legal para concluir o processo entre o estagiário, a escola e a instituição onde o estagiário irá realizar o seu estágio.

Veja como ter o seu seguro estágio

Por

Verão brasileiro terá temperaturas altas e chuvas generalizadas

Confira a previsão para o verão brasileiro

O verão é uma estação climática de grande importância para a atividade agrícola. Diante disso, o agricultor deve se atentar. Segundo o prognóstico do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) esse período deverá ter temperaturas altas e chuvas generalizadas em grande parte do Brasil.

Influência do verão na agricultura

verao_brasileiro_tera_temperaturas_altas_e_chuvas_generalizadas

Leia Mais

Por

Expectativa positiva para o agronegócio em 2017

Confira o cenário de expectativa para o agronegócio em 2017

Confiança dos agricultores com o governo foi um dos fatores, segundo o presidente da Sociedade Nacional de Agricultura (SNA), Antonio Alvarenga, para que houvesse investimento no agronegócio em 2016. Tendo como consequência uma boa safra gerando também uma expectativa positiva para o agronegócio em 2017.

nova_lei_trabalhista_rural_pode_entrar_em_vigor_em_2017

Leia Mais

Por

Nova lei trabalhista rural pode entrar em vigor em 2017

Tire suas dúvidas sobre a nova lei trabalhista rural que poderá entrar em vigor em 2017

No ano de 2017 os empregados e empregadores rurais podem contar com novidades: uma nova lei trabalhista rural. A proposta é de autoria do deputado federal Nilson Leitão – PSDB/MT e constitui no Projeto de Lei n. 6442/2016.

O que pode mudar com a nova lei trabalhista rural?

nova_lei_trabalhista_rural_pode_entrar_em_vigor_em_2017

Leia Mais